Centro de Agroecologia de Mértola

CAEM

(Re)aprender os modos de conhecer e praticar um metabolismo agroecológico, aliando a capacidade produtiva à preservação dos recursos naturais.

Este é o propósito do Centro de Agroecologia de Mértola, um polo agregador, assente num modelo de governança em rede, tendo na Horta da Malhadinha um espaço de experimentação, monitorização e demonstração.

Um espaço onde diferentes formas de produção agrícola às quais se reconhecem bases ecológicas têm lugar, criando sistemas dinâmicos que se aproximem da estrutura e da função dos ecossistemas naturais.

Sistemas que permitam ampliar o conhecimento sobre a resiliência das práticas em contexto semiárido, preservando e reconstruindo a fertilidade do solo, prevenindo a erosão, utilizando a água de uma forma racional e eficiente, contribuindo para a manutenção dos nutrientes no sistema, valorizando e conservando a diversidade biológica, minimizando a produção de gases com efeito de estufa e facilitando a adaptação humana às mudanças climáticas.

Esta transformação só é possível se este desafio for abordado em três frentes simultâneas:

– com mais conhecimento, assegurando os princípios que podem ser utilizados para conceber e gerir agroecossistemas sustentáveis;

– com a promoção de práticas eficazes e inovadoras que possam ser demonstradas, ajudando os agricultores a tomar decisões mais adequadas à sua realidade contextual;

– com a sensibilização da comunidade, ativando os meios para que estas mudanças possam ter lugar.

Constituindo-se como um laboratório vivo, este é o propósito do Centro de Agroecologia de Mértola, capacitando, tutorando e cocriando a transição agroecológica que urge implementar.

Consulte a nossas Formações (em breve)
Consulte as nossas Oportunidades de Investigação (em breve)

error: Content is protected !!